Buscar
  • gtantiga

GTHA inaugura série com debate sobre Antiguidade, racismo e cancelamento

O GTHA organiza a primeira edição do GTHA Debate, que visa promover a discussão qualificada de temas relevantes para o campo dos estudos da Antiguidade no Brasil. O canal do GTHA do Youtube está aberto a toda os/as membros do GT, e a coordenação está aberta para colaborar com todos/as que se interessarem em promover novos debates usando esta mídia (email: fabio.morales@ufsc.br). Abaixo, informações do primeiro debate:




GTHA Debate I: Antiguidade, cancelamento e racismo


Com Gilberto Da Silva Francisco (docente de História Antiga, UNIFESP), Felix Jacome (pós doutorando em Letras clássicas, USP) e Priscilla Gontijo (docente de História Antiga, UFPB)


Quarta-feira, 24/2, às 19h30


Canal do GT de HistóriaAntiga no Youtube:

https://youtu.be/gyHz-B_KxZI


Inscrições: http://inscricoes.ufsc.br/gtha-debate


Os debates étnicos e raciais estão entre os principais tópicos em nível global e, recentemente, a discussão tem se voltado para o reexame do significado dos saberes e instituições universitárias. O estudo acadêmico da Antiguidade greco-romana (Classics, nos países anglófonos), tradicionalmente ligado ao eurocentrismo e aos discursos da branquitude, recebeu, nos Estados Unidos, duras críticas da parte de intelectuais negros: para eles, o estudo de Classics estaria fadado à reiteração da celebração das origens greco-romanas do Ocidente. Como solução, alguns propõem a diluição de Classics em vários cursos, articulando os saberes específicos a outras áreas do conhecimento. O objetivo deste debate é problematizar a questão com base na experiência brasileira tanto do racismo e da cultura do cancelamento, quanto do arranjo universitário, já que, no Brasil, os estudos sobre a Antiguidade estão, de fato, diluídos nos cursos de História, Filosofia, Letras, Arqueologia e Arte. Deveriam os estudos sobre a Antiguidade serem cancelados? No caso específico da História, é possível uma História Antiga anti-racista e anti-eurocêntrica?

206 visualizações0 comentário